PROFISSIONAIS DE LICENCIAMENTO DOS CLUBES DE SC SE REÚNEM NA ASSOCIAÇÃO

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A sede da SCCLUBES, em Florianópolis, foi palco nesta terça-feira da reunião dos responsáveis pelos setores de licenciamento dos clubes de futebol profissional de Santa Catarina. Na pauta, a reativação do projeto Futmarcas e o planejamento de ações para potencializar as vendas de produtos licenciados dos clubes. Participaram da reunião os representantes do Avaí (Jorge Daux Neto), Figueirense (Erik Dias), Chapecoense (Clarissa Soletti), Criciúma (Viviani Olímpio), Internacional de Lages (Otília Pagani) e Bruno Koerich, diretor da License Solutions.

 

Os assessores jurídicos da SCLUBES Sandro Barreto e da Federação Catarinense de Futebol Rodrigo Capella participaram do encontro para tratar, principalmente, das ações na área jurídica para evitar o comércio ilegal dos produtos de futebol. O Conselho Estadual de Combate à Pirataria (Cecop) também participou da reunião, através do presidente Jair Schmitt e o secretário operacional Rogério Ribeiro. Uma das preocupações do Cecop é com o comércio ilegal de material esportivo em dias de jogo. Para evitar isso, Schmitt sugeriu uma solicitação da FCF e SCCLUBES para que o Tribunal de Justiça autorize a inclusão de ações de combate à pirataria entre as atribuições da Justiça Presente. “Outra ação importante é a realização de um convênio da nossa federação com outras federações estaduais dando poder a entidade local para apreender produtos piratas de clubes de fora”.

 

A comercialização de produtos licenciados de futebol é importante para os clubes, pois boa parte da renda vem da comercialização das camisas, bandeiras, canecas, presentes. Visando organizar essa área, a Associação criou em 2010 o projeto Futmarcas, com objetivo de unir forças em prol deste tema, visando o crescimento dos clubes, o controle de produtos falsificados e o fortalecimento das marcas.

 

Se alguns anos atrás os clubes davam os primeiros passos na profissionalização dessa área, a realidade hoje é bem outra. Alguns clubes já têm setores específicos para tratar do tema. Durante a reunião, foi detalhado o sistema Royalty Controller para gestão de licenciamento, em que toda a interface entre as clubes e fornecedores são realizadas. Todos os clubes acenaram positivamente para a utilização do sistema.

Através do Royalty Controller os clubes poderão monitorar os fornecedores e as vendas realizadas, trazendo mais transparência e agilidade para o processo de gestão do licenciamento.

Nova reunião do grupo está prevista ainda para este mês.

Bruno Koerich de Paula

Diretor Executivo na License Solutions - Soluções inovadoras em licenciamento de marcas e controle de royalties.

Você pode gostar...