Como se tornar um fornecedor licenciado?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vou falar sobre o que é necessário para se tornar um fornecedor licenciado de uma determinada marca.

Mas, antes de entrar no tema, vou conceituar o que é licenciamento:

Licenciamento é o processo onde, o detentor de uma determinada marca, cede, por um intervalo determinado de tempo, os direitos de utilização da mesma para que um terceiro possa utilizar/produzir/comercializar produtos ou serviços em troca de pagamento de royalties.

Passada a parte conceitual, vou explicar os passos necessários para solicitar o uso de uma marca.

  1. O primeiro passo é entrar em contato com o detentor da marca e apresentar a sua empresa e qual o tipo de serviço/produto você deseja comercializar utilizando a marca em questão.  Como, por exemplo, quem são seus clientes, o volume e vendas, apresentar um plano de marketing e financeiro, projetando os ganhos e custos.
  2. Após essa introdução, iniciam-se as negociações do contrato, que vão desde a vigência até o percentual de royalties a ser repassado. Muitas vezes aqui já ficam definidos os produtos/serviços que serão comercializados.
  3. Caso o detentor da marca autorize o licenciamento, será, então, firmado o contrato entre as partes, destacando todos os pormenores em relação aos direitos de uso da imagem, direitos e obrigações.
  4. Realizada a assinatura do contrato inicia-se o processo de criação e aprovação dos produtos/serviços que serão comercializados. Nesse ponto o fornecedor deverá obedecer as instruções do Style Guide ou Manual de Identidade da Marca.
  5. Após a aprovação dos produtos o fornecedor está apto a comercializar seus produtos e serviços, tendo então que encaminhar, geralmente com frequência mensal, um relatório de vendas para calcular os Royalties a serem pagos.

 

Quais os motivos para adquirir uma licença? Veja a seguir alguns dos principais:

– Aumento do volume de vendas;

– Aumentar linhas de distribuição;

– Maior poder de penetração no mercado;

– Possibilidade de obter lucros maiores ao comercializar um produto que carrega uma marca nacional ou até internacional;

Se você se interessou pelo assunto e deseja produzir/comercializar produtos ou serviços de determinada marca entre em contato conosco que auxiliamos em todo o processo até você chegar ao mercado.

Um abraço!

 

Bruno Koerich de Paula

Diretor Executivo na License Solutions - Soluções inovadoras em licenciamento de marcas e controle de royalties.

Você pode gostar...